Como filmar um vídeo de casamento

Ricardo Pizzotti

O primeiro passo para um bom trabalho é planificar a produção em todos os detalhes,

 

Uma visita ao local da cerimônia é muito importante para verificar as condições de luz, se é preciso iluminação artificial e onde ela pode ser ligada, qual a voltagem, o tempo da cerimônia e como ela se realizará.      

 

Leve a câmera e grave no local pré-planejando as tomadas, escolhendo as melhores posições e checando se a iluminação é suficiente.

 

Aproveite e converse com o padre ou pastor para ver se há restrições quanto à filmagem, se é preciso autorização e se é permitido o uso de câmera e luz artificial. Se possível assista a um casamento semelhante no mesmo local. 

         

Fale antes com os noivos e peça toda a informação de como será o cerimonial e o que eles querem incluir na gravação. 

         

Em um vídeo de casamento não só a cerimônia é importante, mas também a preparação, a festa e a partida dos noivos. 

         

O ideal é editar a gravação para eliminar cenas que não ficaram boas, acrescentar legendas e música e dar mais dinâmica ao vídeo. Mas, se não haverá montagem, as cenas deverão ser gravadas na ordem seqüencial, tomando-se o cuidado de gravar pequenos takes neutros entre uma cena e outra, evitando saltos na imagem, ou incluindo efeitos de transição. Assim, se você estiver gravando os noivos em um ângulo e mudar para outro grave entre os dois uma rápida tomada neutra, como um detalhe do local ou o rosto dos pais ou padrinhos.

         

Não se esqueça de ajustar o equilíbrio de branco toda vez que mudar a iluminação de um ambiente para outro, para as que as tonalidades das cores sejam sempre as mesmas. 

         

Leve fitas e baterias de reserva e também o carregador. Não se esqueça de carregá-las antes da filmagem e sempre ter a de reserva com você.

         

Para filmar na igreja é melhor usar a abertura da íris e a focagem manual, se a câmera permitir e você tiver prática.

         

Durante a festa, como a gravação é mais informal, pode-se utilizar os ajustes automáticos da câmera.

         

Você pode usar para iluminar uma luz acoplada à câmera ou levar um ajudante com uma iluminação à parte.

         

Algumas igrejas já têm iluminação suficiente, mas é bom não contar com isto.

         

O vídeo poderá começar com letreiros ou com o convite em close-up. Depois dê um plano geral do local, da fachada da igreja, se for o caso, dos detalhes como arranjos de flores e imagens. Evite utilizar o zoom e movimentos de câmera em excesso. Prefira tomadas curtas de diferentes ângulos.

         

Use um wipe ou outro efeito de transição para indicar a passagem de tempo.seguida grave a chegada de alguns convidados, principalmente pessoas das famílias, dando uma geral nos bancos com as pessoas aguardando para mostrar a expectativa da chegada da noiva. 

         

Depois registre a entrada do noivo, do celebrante e dos padrinhos. Seja rápido para não perder a noiva chegando e descendo do carro, lembrando sempre de bater o branco se o ajuste estiver no manual.

         

Posicione-se no corredor entre a entrada e o altar para gravar a entrada da noiva.

Quando perceber que está chegando a hora do início da cerimônia vá gravando os convidados nos bancos deixando a câmera sempre ligada para não perder o início da música de entrada. 

         

Assim que a noiva e se aproximar talvez seja necessário andar para traz com a câmera ligada. Procure treinar no local este movimento que deve ser feito com os joelhos levemente dobrados para não balançar muito a câmera. 

         

Para quem vai editar a fita é bom não desligar a câmera durante toda a cerimônia para não perder o som.

         

Não perca o encontro dos noivos e a subida deles ao altar que poderá ser feita por traz, de frente para o altar.

         

Durante a cerimônia posicione-se de frente para os noivos, gravando por sobre os ombros do celebrante, procurando deixar a câmera sempre estável como se estivesse usando um tripé. Tome cuidado para não movimentar muito a câmera ou utilizar o zoom em vai e vem. Lembre-se que a ação deve ocorrer em frente a câmera e não com ela. Quando for necessário fazer algum movimento faça-o muito lentamente mantendo sempre a mesma distância do assunto.

 

Se for cortar algum pedaço do sermão, procure fazê-lo durante uma pausa na fala e voltar a gravar em outra pausa. 

 

Não interfira na cerimônia andando de um lado para outro, usando luz muito forte ou atrapalhando o fotografo oficial. 

 

Sempre que possível mude de lugar para registrar diferentes ângulos para que a gravação não fique monótona. Por exemplo, uma tomada que fica sempre bonita é de um plano geral pegando o celebrante de frente e os noivos de costas. Escolha para isto um momento certo para não perder alguma parte importante da cerimônia. 

         

Grave closes dos rostos dos noivos para captar a emoção do momento.

         

No final posicione-se novamente no meio do corredor deixando os noivos passarem por você, gravando a saída deles do local. Termine com um fade out.

 

A recepção

         

Durante a festa a gravação deve ser mais descontraída. Você pode começar com uma imagem da fachada do local ou de detalhes da mesa de doces e do bolo.

         

Grave um plano geral para mostrar o local da recepção e os convidados de preferência rindo e descontraídos. Eles não precisam obrigatoriamente estar olhando para a câmera, as melhores imagens são as espontâneas. O importante é registrar todas as pessoas presentes em sequências curtas para que o vídeo não fique cansativo. 

         

Procure variar as tomadas. Filme, por exemplo, dois padrinhos na mesa principal, depois alguns convidados e então volte para gravar outro padrinho na mesa. Quando estiver gravando convidados conversando, primeiro dê um plano geral de todos, pare a gravação, mude de lugar fechando o zoom em uma das pessoas, grave alguns segundos, desligue novamente a câmera, mude de lugar e grave outro convidado. Esta maneira simula uma gravação feita com diversas câmeras dando um efeito melhor do que ficar passeando com a câmera ligada pra lá e pra cá. Se houver música durante este procedimento ela ficará cortada, mas você poderá inserir posteriormente uma música utilizando o recurso de audio dub disponível na maioria das câmeras.

         

Grave também imagens dos convidados se divertindo sem que eles percebam. Imagens espontâneas sempre são mais interessantes.

 

Na recepção o que você não pode esquecer de maneira nenhuma é o cortar do bolo, a dança dos recém-casados, o ritual da noiva jogando o buquê e o rosto sorridente de quem o recebe. Aproveite para gravar os grupos mais importantes quando das fotos oficiais, tomando o cuidado sempre de não atrapalhar o fotógrafo. Fique atento aproveitando para gravar cenas que ele normalmente monta, como os noivos se beijando, eles no jardim, etc. Geralmente estas imagens são estáticas por isto não podem ser muito demoradas.          

         

Os mais idosos e as crianças não podem ser esquecidos. Estas cenas devem ser gravadas à sua altura para evitar distorções e registrando sua espontaneidade especialmente quando estão descontraídas não percebendo a presença da câmera.

                  

Por fim, grave a decoração do automóvel que levará o casal e a partida dos noivos.  

         

A duração das sequências é muito importante. É preciso ser seletivo principalmente se você não irá editar a fita posteriormente. Os comprimentos aos noivos, por exemplo, costumam ser muito demorado e cansativo para quem vai assistir ao vídeo assim como os convidados comendo e bebendo. Assim, grave takes de no máximo 15 segundos. Se alguém quiser gravar uma mensagem aos noivos, peça para que não fale mais que 30 segundos, a não ser lógico se for algum discurso oficial.          

               

Em um vídeo de casamento muitas outras cenas podem ser incluídas como o casamento no civil, a abertura dos presentes, as fotos dos dois antes do casamento, enfim use de sua criatividade.

         

Para quem for editar a fita pode incluir no final um vídeo clip com imagens rápidas, com no máximo 5 segundos cada, dos melhores momentos de todo o casamento, com imagens congeladas e em câmera lenta com uma música de fundo preferida do casal. 

         

Esta é apenas uma sugestão para a gravação de um casamento. As cerimônias são diferentes dependendo da religião, do gosto e personalidade de cada um. Use sua criatividade e os recursos de sua câmera como fusão, efeitos especiais, inserção de legendas e possibilidade de gravar fotos estáticas na fita. Mas não exagere nos efeitos.

Bom divertimento! 

                                                                       

Saiba mais

Como operar uma câmera

Aprenda tudo sobre operação de câmeras de vídeo

clique aqui

2017 - 2020 © Ricardo Pizzotti