A direção e o sentido da luz

Direção da luz | Definição angular 

Ricardo Pizzotti

A direção é uma propriedade da luz pouco explorada. No entanto, é a que permite mais espaço de manobra e provoca mais alteração na imagem.

 
A direção e o sentido da luz determinam as sombras projetadas pelo objeto e sua área que é iluminada, afetando a percepção da textura e do volume.


Ela pode ser frontal, lateral, ser colocada atrás, em cima ou embaixo do assunto. Cada uma delas afeta de maneira distinta a composição da imagem.


Quanto mais lateral estiver a luz principal em relação ao objeto, mais dramático será o resultado. A luz lateral é a que dá mais profundidade e relevo por causa das sombras que provoca. Uma luz dura lateral, por exemplo, acentua as formas masculinas. 


Quanto mais frontal estiver a luz principal, mais suave serão as sombras. Por isso, ela dá a sensação de imagem “chapada” (achatada), sem forma ou textura. Tende a espaçar os volumes por falta de sombras e de contrastes.


Com a contraluz (iluminação por trás), valoriza-se a forma em detrimento do conteúdo, perdendo-se informação para se ganhar conotação e valor estético formal.

curso de produção de televisão

Produção e direção de televisão e vídeo

CURSO COMPLETO

                                            ALTURA DA LUZ                                      Mude a posição da luz para ver como isto pode afetar a aparência do assunto.

Diferentes efeitos podem ser criados alterando-se a altura da posição da luz.

 

Normalmente, ela é colocada um pouco acima da linha dos olhos do modelo, já que, em luz ambiente normal, estamos mais acostumados a ver as coisas iluminadas sob esse ângulo. Observe na figura a diferença quando a luz vem de uma altura abaixo do nível dos olhos do assunto. A iluminação abaixo do queixo era comum em antigos filmes de terror, por exemplo.


A altura escolhida pode ter variações. Na imagem, pode-se observar que, com uma luz mais baixa, a sombra projetada atrás do assunto fica maior. No entanto, uma luz posicionada na altura da testa, ou acima, muitas vezes cria uma sombra sobre o queixo do modelo que pode não ficar bom se ele tiver queixo duplo ou rugas no pescoço, pois as sombras podem enfatizar tais imperfeições. Saiba mais

2017 - 2020 © Ricardo Pizzotti